Resumo - O Livro dos Vilões


Em mais um post da série Resumos, trago pra vocês "O Livro dos Vilões", um livro com quatro contos de Cecily von Ziegesar, Carina Rissi, Diana Peterfreund e Fábio Yabu (texto por Emily Abreu).


Título: O Livro dos Vilões.
Autores: von Ziegesar, C., Rissi, C., Peterfreund, D. e Yabu, F..
Editora: Galera Record.
Páginas: 315.


Resumo

Existe uma versão universal em que todo conto de fadas o mocinho precisa ter um final feliz, já os vilões... ah, os vilões... eles sempre acabam se dando muito mal. Mas isso nem sempre acontece. O Livro dos Vilões mostra que em alguns casos os verdadeiros vilões são os que sempre achamos que fossem os mocinhos. Acaba parecendo estranho, né? Mas isso é a mais pura verdade.

O livro conta com quatro contos:
  • #Stepsisters - sobre sapatos e selfiesCecily von Ziegesar;
  • Menina VenenoCarina Rissi;
  • Quanto mais afiado o espinhoDiana Peterfreund; e
  • A menina e o LoboFábio Yabu.


Todos são adaptações de Cinderela, A Branca de Neve, A Bela Adormecida e Chapeuzinho Vermelho, respectivamente.


1. #StepSisters - Sobre sapatos e selfies

O primeiro conto aborda temas como: vaidade, luxúria, redes sociais e moda. Nele, duas irmãs gêmeas, ricas e bonitas mostram o seu amor por sapatos, praia, roupas, e o grande desprezo que sentem pela meia-irmã inteligente e supostamente meiga. Sim, supostamente, pois em certo momento do conto acontece uma reviravolta, e a doce mocinha mostra não ser tão doce assim, mas no final tudo acaba voltando a ser como antes. A história mostra o exagero e a futilidade das gêmeas, e é contada de uma forma simples.

2. Menina Veneno

Já o segundo conto é narrado por Malvina, a madrasta má, que no fundo, no fundo, existe uma pitada de bondade no seu coração. Malvina é viúva, bonita e leva uma vida muito boa, porém, não se considera feliz, pois existe uma coisa, quer dizer, uma pessoa que impede tal felicidade. E essa pessoa é Bianca, sua enteada. O conto é um pouco longo e seu desenrolar interessante, mostrando o lado frágil e triste da vilã, que acaba não tendo um final tão bom, mas, aparentemente, feliz.

3. Quanto mais afiado o espinho

O terceiro conto foi, sem dúvida, o meu preferido. Fala de temas atuais e polêmicos como: drogas, bebidas, sexo e bullying na escola. O conto é narrado por Malena, uma jovem bruxa que tenta ser aceita pela sociedade, porém, não é bem isso o que acontece. A jovem acaba sendo usada como fonte de entorpecentes. Malena sofre com tudo o que passou e acaba percebendo que, para ser feliz, precisa aceitar-se como ela realmente é.

4. A Menina e o Lobo

E o quarto e último conto fala de um Lobo Mau que está cansado de apanhar, cansado de sofrer, de ser humilhado e que agora está em busca de uma maneira de fugir de tudo isso. Toda essa trama acontece em um Reino, onde todos os personagens, de todos os contos se encontram: Chapeuzinho Vermelho, João e Maria, enfim, todos. E tudo isso acontece paralelamente ao mundo real. Outro ponto a ser tocado foi o teor de religiosidade que existe no conto, ele fala sobre o Grande Criador, no caso, o Narrador de todos os contos.

Pude perceber que todos os contos possuem uma leve (ou não tão leve assim) crítica em relação à perfeição que existe nos contos de fadas, que a mídia acaba nos "impondo", mas sabemos que não existe pessoa ou vida que não tenha pelo menos um defeito.

Você provavelmente já escutou essa história antes, mas com certeza não ouviu a verdadeira história. Não que eu possa culpá-lo por isso. A imprensa adora transformar alguém em vilão. Ou vilã, como é o caso.
(Carina Rissi, trecho do livro ‘O Livro dos Vilões’, página 57).

Qual é o seu vilão preferido? Deixe sua opinião nos comentários. ♥

[[emi]]

Comentários

Clique aqui se os comentários não aparecerem.