Frases - O Pequeno Príncipe



Conheça algumas das frases mais marcantes do livro O Pequeno Príncipe.

Título: O Pequeno Príncipe.
Título Original: Le Petit Prince.
Autor: Antoine de Saint-Exupéry
Editora: Geração Editorial.
Páginas: 161.

Sabe quando a gente começa a ler um livro extremamente bom e começa a surgir nele frases legais e marcantes? Pois é. Sabemos que existem diversas formas de marcar essas frases para serem lidas e lembradas depois. Tem gente que grifa o livro, outros usam post-it. Eu particularmente tenho horror a qualquer tipo de marcação ou riscado nos meus preciosos livros. Então, a forma de que encontrei foi a de escrever todas as frases bonitinhas dos livros em um caderno. Sim, sou dessas que perde um tempão escrevendo em um caderno só pra não danificar os livros.

Enfim, hoje venho trazer a vocês várias frases lindíssimas do livro O Pequeno Príncipe que tenho anotadas em meu pequeno caderno de vinte matérias — risos.

Leia também a resenha de O Pequeno Príncipe.





Todos os adultos um dia foram crianças. (Porém, raros se lembram disso.)

Quando o mistério é muito profundo, é melhor não contrariar.

É muito triste esquecer de um amigo. Nem todo mundo tem um amigo.

As flores são frágeis. E ingenuas. Defendem-se como pode. Julgam-se poderosas com seus espinhos.

Não se pode conhecer as borboletas sem suportar duas ou três lagartas.

— [...] é preciso exigir de cada um o que cada um pode dar.






É bem mais difícil jugar a si mesmo que julgar os outros. Se conseguir julgar a si mesmo, provará que é um verdadeiro sábio.

— Onde estão as pessoas? — insistiu o pequeno príncipe.— A gente se sente um pouco só no deserto...
— Há solidão também quando se está entre as pessoas — filosofou a serpente.

Só se conhece bem o que se cativa.

Se sei que você virá , por exemplo, as quatro da tarde, às três já começarei a me sentir feliz. E quanto mais a hora avançar , mais feliz ficarei.

Para você, sou apenas uma raposa semelhante a milhares de outras raposas. Porém, se me cativar, sentiremos necessidade um do outro. Você será único no mundo para mim. E eu serei única no mundo para você...

É o cuidado que você dedicou a sua rosa que a faz tão especial.





As pessoas já não têm tempo de conhecer nada. Preferem comprar tudo pronto nas lojas. Como não existem lojas que vendem amigos, as pessoas não têm mais amigos.

Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.

Você se torna eternamente responsável por aquilo que cativa.

É muito bom ter tido um amigo, ainda que morramos. Sinto-me muito feliz por ter uma raposa como amigo...

Os olhos são cegos. É preciso ver com o coração.


O livro O Pequeno Príncipe foi lançado nos Estados Unidos no dia 6 de abril de 1943, tornando-se o terceiro livro mais traduzido, perdendo apenas para a Bíblia e o Alcorão. E hoje, 73 anos depois, ele possui aproximadamente 250 versões, e é considerado um clássico da literatura que continua cativando o mundo inteiro.


***


E aí, você é mais um dos milhares leitores que foram cativados pelo pequeno príncipe? Conte pra nós aí nos comentários o que você acha. :)


[[emi]]

Comentários

Clique aqui se os comentários não aparecerem.