Resenha - A Sereia



Conheça os mistérios por trás da segunda vida de Kahlen.


https://4.bp.blogspot.com/-M4QuIZrb1ls/WJTcH8s1g-I/AAAAAAAACYo/1rtdx3RGnJ0-dwOisfkrYN2i1hkOveX9gCLcB/s1600/Livro-A-Sereia-Kiera-Cass-6937619.jpg
A Sereia
The Siren
Kiera Cass




Seguinte
328
Física



Sinopse

Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair pessoas até o amar e afogá-las. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar — pois a voz da sereia é fatal —, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandoná-lo para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.


Resumo

Desde o dia do naufrágio que matou várias pessoas e Kahlen foi salva pela Água já haviam passado oitenta anos. Anos que Kahlen fazia parte da irmandade das serias. Mesmo com o passar de todos esses anos, sua beleza permanecia intacta, nada mudou. Kahlen pediu para viver e, por isso, passou a ter uma grande dívida com o mar durante cem anos. A voz das sereias é fatal para os humanos. Uma vez que elas pronunciem uma simples palavra no momento errado, elas quebram um dos mandamentos e isso trará sérios problemas. Suas vozes e seus cantos só poderiam ser usados no momento de alimentar a Água. E o segredo nunca poderá ser revelado.


É engraçado pensar nas coisas a que nos apegamos, nas coisas de que lembramos quando tudo acaba.



Opinião

O livro A Sereia é o primeiro livro lançado pela autora Kiera Cass, antes mesmo da série A Seleção. Seis anos após seu lançamento, que não teve tanto sucesso, Kiera relança A Sereia.

A Sereia é uma releitura moderna do mito grego das sereias. Imagino que todos nós já ouvimos histórias de sereias, onde a maioria delas possuem caudas de peixe. Essas histórias que conhecemos contam que as sereias cantam e atraem os homens com suas vozes e belezas para o mar. E a autora Kiera Cass não mudou nada do que já conhecemos, porém, no livro, as sereias não são sensualizadas, não são aquele objeto de desejo quando são vistas por alguém, pelo contrário, elas são normais como qualquer garota, a única arma delas é a voz. E isso é um grande ponto positivo.


— De que lugar do mundo você saiu, menina linda e silenciosa?


Não vou negar que nas primeiras vinte páginas eu me senti um pouco entediada, porém, isso foi passando assim que avancei um pouco mais na história. E em determinado ponto do livro, senti uma pontada de tristeza misturada com medo. Algo que sinceramente mexeu comigo, uma certa angústia inexplicável, mas enfim...





O livro trata de um romance um tanto "estranho" de uma sereia e um humano. AKinli é um garoto que está cursando a faculdade, e Kahlen uma sereia. Surge uma inexplicável relação entre os dois desde o primeiro dia que se conheceram, mas isso não pode ir muito além, já que uma sereia jamais pode se apaixonar. Kahlen e suas irmãs sereias até podem ter contato ou se envolverem com um humano, porém, essas relações não podem ser algo sério, pois elas não podem se apaixonar. Essa é uma das regras que as sereias devem seguir à risca. Mas uma hora ou outra isso iria acontecer, e foi logo com aquela que mais fora obediente durante todos esses anos, a queridinha da Água.


Abandonar as regras significa abandonar a vida.


O livro, apesar de no início ter me deixado um pouco entediada, pode ser considerado, no geral, um livro muito bom, gostei da escrita da autora e da forma que ela abordou o assunto. Não sou de dar nota para nenhum livro, pois posso considerar um livro muitíssimo bom e outra pessoa pode dizer que considera o mesmo livro muitíssimo ruim — ou o contrário —, então isso vai do gosto de cada um. Mas se eu fosse dar uma nota para esse livro, diria que a nota seria 4/5 estrelas. De modo algum ele pode ser considerado ruim, mas não chega a ser aquela perfeição.

O final de A Sereia é um final muito fofo, em várias partes do livro me peguei tentando desvendar os mistérios da história, cheguei até a ter certeza de algumas coisas porém a minha imaginação me enganou. E esse é mais um ponto positivo, pois gosto de livros que nos deixam aflitos para saber ou tentar resolver um problema.

Acho que eu deveria ter lido esse livro bem antes, mas o medo de ser decepcionada era maior, ainda bem que isso não aconteceu. Posso dizer que é um dos livros mais legais que já li, gostei bastante.


Vamos dar um jeito nisso, prometi. Não vou deixar você naufragar.


***

E você já leu A Sereia? Gostou da história da Kahlen e do Akinli? Deixe a sua opinião aí nos comentários. ♥


[[emi]]

Comentários

Clique aqui se os comentários não aparecerem.