Resenha - Garoto Encontra Garoto



Venha conhecer uma história pra lá de enrolada, onde um garoto encontra um garoto, e depois acaba perdendo esse garoto.


https://3.bp.blogspot.com/-DExdfVT130M/WJTbBIj0cfI/AAAAAAAACYc/kr5YagmSSz8VJsTUMfWkxEUqZC4TEVblACLcB/s1600/garoto-encontra-garoto-livrofilia.jpg
Garoto Encontra Garoto
Boy Meets Boy
David Levithan




Galera
240
Física



Sinopse

Paul encontrou o amor de sua vida. E depois estragou suas chances da forma mais catastrófica possível. Agora, com a ajuda de uma líder de torcida transexual, de seu melhor amigo gay enrustido e de seu ex-namorado obsessivo, ele se lança na improvável missão de reconquistar seu amado de uma vez por todas.

Resumo

Paul é aquele tipo de garoto de bem com a vida, mas que vive tentando encontrar o grande amor da sua vida. Infinit Darlene, Joni e Toni, são alguns dos seus grandes amigos que o rodeiam. Paul é aquela pessoa que sempre está disponível para te ajudar, seja qual for a situação, porém, a sua bondade é tão grande que ele vive quebrando a cara. Kile é seu ex-namorado que, de uma hora para a outra, decidiu que estava arrependido e quer a todo o custo ser perdoado e, em meio a toda essa grande confusão que é a vida de Paul, ele acaba conhecendo e se apaixonado por Noah, um rapaz doce e bondoso. E em meio a uma confusão ainda maior, Paul acaba perdendo Noah.

Opinião

Garoto Encontra Garoto é o segundo livro que leio do autor David Levithan. O primeiro foi Will & Will. Não sei se é porque os dois livros são do mesmo autor — provavelmente sim — mas as duas histórias são muito parecidas. A todo momento achei que estava relendo Will & Will.


Parte de amar é deixar a pessoa ser quem ela quer ser.


O livro possui uma leitura muito leve e rápida, em alguns momentos chega até a ser um livro muito engraçado apesar de serem coisas bobas mas a gente acaba até se divertindo. Garoto Encontra Garoto é um livro relativamente fraquinho, mas não é nada que incomode. A escola em que Paul estuda é pra lá de interessante, acho que eu gostaria de estudar nela.


Sinto orgulho de ser aluno da minha escola.


Nas minhas resenhas não costumo falar da parte física do livro, mas desse aqui eu vou falar, pois algumas coisas me deixaram chateada. Mas vamos começar pelas coisas boas. Primeiro quero dizer que gostei muito das cores usadas na capa: roxo e verde. Gosto bastante dessas duas cores e acho que ficou legal a mistura delas, sem falar que esse coração partido que tá na capa tem tudo a ver com a história do Paul.


Se não houver sentimento de medo, não vai haver necessidade de coragem.


Ah, uma coisa que achei bem diferente, é que os capítulos não são enumerados. Cada capítulo possui um título, sendo uma palavra ou uma pequena frase. E esse título já é uma pequena dica do que vai acontecer em cada capítulo. O lado negativo disso é que a gente não sabe quantos capítulos possui o livro, a não ser que você conte, mas eu não me dei esse trabalho — se você souber quantos tem me conta, tá? :)

Tá, agora vamos à parte negativa disso tudo e que me deixou beeeem chateada. A primeira "reclamação" é que, a sensação que tenho, é que as folhas do livro foram cortadas com algum equipamento de cerra. E sabe por quê estou dizendo isso? Porque as laterais das páginas vieram todas esfareladas, tipo quando a gente corta alguma coisa com uma faquinha. E como se isso já não fosse ruim, ainda teve uma página do meu livro que veio com a borda dobrada e rasgada, e eu não poderia deixar de dizer que, em algumas páginas, vieram palavras com falha na impressão.





Se eu dissesse que todos esses problemas na parte física do livro atrapalharam minha leitura, eu estaria mentindo. Mas quem aqui gosta de livro com a página do livro amassada e rasgada? Ou com falha na impressão? Ninguém, não é mesmo?


Acho que a mágoa é essencialmente uma emoção de experiência.


Mas fora tudo isso, posso dizer que foi uma leitura muito agradável e que, apesar que um pouco fraquinha, eu gostei. O Paul é um garoto cheio de problemas mas que, em momento algum, deixou de lutar por aquilo que ele queria, juntou forças lá do fundo do seu coração e foi atrás daquilo que ele achava que era o melhor. O livro possui pequenos ensinamentos e "empurrões" que te fazem pensar em lutar pela tua felicidade. Não deixe de conhecer Paul, muito menos Infinit Darlene que é uma peça. ♥


O mundo ama rótulos idiotas. Eu queria que nós pudéssemos escolher os nossos.


***

Você já leu Garoto Encontra Garoto? Concorda com alguma coisa que eu falei? Deixe sua opinião aí nos comentários. Conto com a interação de vocês.


[[Emi]]

Comentários

Clique aqui se os comentários não aparecerem.